“informa

O MERCADO

“Queremos mais participação na América do Sul” - Jie Jang, diretor de vendas da Nanjing Kangni Mechanical & Eletrical

“Começamos pelo Brasil, mas temos intenções de estar presentes em outros países da América do Sul, como a Argentina, que é um mercado muito interessante para os nossos produtos”, disse o diretor de vendas da Nanjing Kangni Mechanical & Eletrical, Jie Yang, durante o segundo dia da NT Expo 2017. A empresa detém quase metade do mercado chinês como fornecedor de sistemas de portas para vagões, acessórios e soluções de acabamento interno, mecanismos para controle de portas e catracas em plataformas, entre outras soluções para o setor de transporte sobre trilhos.

É a primeira participação da empresa na NT Expo?

Não, estivemos no evento outras vezes porque o Brasil é um mercado grande e muito interessante para nós. Participamos em  projetos nos sistemas metroviários  em São Paulo e no Rio de Janeiro e queremos mais.

Existe a possibilidade de a empresa abrir uma filial aqui no país?

Não, essa não é uma opção para nós neste momento. Ainda temos muito por fazer e negócios para concretizar. Mas considerando um horizonte de cinco anos, tudo é possível porque queremos aumentar nossa presença na América do Sul, especialmente na Argentina, mesmo sendo aquele um mercado mais fechado do que o brasileiro em termos de barreiras de entradas. Hoje o continente representa menos de 10 % do nosso faturamento anual. Queremos mudar isto.

Qual é a sua impressão sobre o ambiente de negócios aqui na NT Expo?

Esta edição está bem concentrada, com uma seleção interessante de empresas. Obviamente sentimos falta dos grandes players, mas temos uma agenda bem intensa de reuniões em São Paulo e estamos bem otimistas com os resultados que podemos conquistar.

Fonte: Conteúdo Empresarial

Search

Mais Lido

    Newsletter

    entrada invalida
    entrada invalida
    entrada invalida
    e-mail invalido
    Entrada Inválida
    Entrada Inválida
    Entrada Inválida